Prefeitura garante apoio a projeto que ligará Parintins ao sistema nacional de energia elétrica

“A Prefeitura de Parintins vai apoiar, através das secretarias de Meio Ambiente, Saúde, Educação, Obras, para nós não termos nenhum problema no que se refere à implantação efetiva do Linhão de Tucuruí que passará por Óbidos, Juruti, até chegar em Parintins", assegura o prefeito Bi Garcia.

Prefeitura garante apoio a projeto que ligará Parintins ao sistema nacional de energia elétrica Foto: Daniel Sicsú Notícia do dia 15/03/2019

Foi realizada nesta sexta-feira (15), no gabinete civil da Prefeitura de Parintins, uma audiência entre o prefeito Bi Garcia, vice-prefeito Tony Medeiros, secretários municipais, presidente da Câmara, Telo Pinto, e vice-presidente Marcos da Luz com o técnico Ricardo Malta, consultor da empresa Ambientare, responsável pela elaboração de estudos socioambientais da construção da Linha de Transmissão (LT) 230 kV Oriximiná-Juruti-Parintins e Subestações (SEs).

 

O principal intuito do encontro foi fazer um prognóstico de como ocorrerá a interligação de Parintins ao Sistema Interligado Nacional (SIN) através do Linhão de Tucuruí. O município será interligado à rede nacional de energia elétrica através de conexão à subestação de Oriximiná-PA. A rede de transmissão também atenderá o município de Juruti-PA.

 

A linha Oriximiná-Juruti-Parintins terá a extensão de 224,1 km. A previsão é que as obras iniciem até o fim deste ano. Os trabalhos iniciarão após a realização de estudos socioambientais e liberação por parte de órgãos regulamentadores do meio ambiente.

 

De acordo com o prefeito Bi Garcia, a ligação de Parintins à rede nacional de energia elétrica está sendo acompanhada e intermediada pelo senador Eduardo Braga junto ao Governo Federal. Segundo Garcia, a Prefeitura fornecerá todos os dados solicitados pela empresa responsável pelo estudo para que o processo seja facilitado e abreviado.

 

“A Prefeitura de Parintins vai apoiar, através das secretarias de Meio Ambiente, Saúde, Educação, Obras, para nós não termos nenhum problema no que se refere à implantação efetiva do Linhão de Tucuruí que passará por Óbidos, Juruti, até chegar em Parintins. Somos a única cidade do interior do Amazonas a ser atendida nesse projeto”, destaca Bi Garcia.

 

Ricardo Malta, responsável pela elaboração de estudo socioambiental do projeto, frisa que o trabalho será feito ao longo dos próximos meses não só em Parintins, mas em Juruti, Óbidos e Oriximiná, cidades por onde a linha de transmissão passará.

 

“Algumas equipes vão percorrer tanto as áreas rurais quanto as prefeituras para fazer o levantamento de potencialidades, de vulnerabilidade, de projetos em andamento para fazer toda a análise da inserção do programa nas comunidades rurais e cidades no território do Amazonas e Pará”, explica.