JEJ: Parintinense Kael Modesto entre os três melhores mesatenistas do Brasil

JEJ: Parintinense Kael Modesto entre os três melhores mesatenistas do Brasil Foto: Helida Gadelha Notícia do dia 22/11/2019

Atleta da modalidade tênis de mesa, o parintinense, aluno do Ceti/Dep. Gláucio Gonçalves, Kael Modesto, 15 anos, mais uma vez mostrou porque é o atleta da superação. Campeão escolar nacional infantil em 2018, o mesatenista estreou na categoria juvenil ficando entre os três melhores atletas paralímpicos do Brasil, após conquistar dois bronzes (fazendo dupla com o paraense Fredson Batista, 16 anos, e na disputa individual), que aconteceu na manhã desta sexta-feira, 22 de novembro, no  Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

 

Feliz, a professora Helida Gadelha falou do bom desempenho do atleta na Paralimpíada Escolar Loteria Caixa 2019 e explica dificuldades e momentos de superação do atleta. "A classificação do Kael é 9 e não tinha atleta para competir com ele, então recebemos o convite para o Kael disputar a classificação 10 (classe superior a dele) e com atletas com menos limitações que o Kael. Aceitei o desafio e o Kael surpreendeu a mim e aos professores aqui de São Paulo, pelo seu desempenho, onde ele foi um guerreirro lutando até o fim".

A professora comemora, "estamos entre os três melhores do Brasil e disputando na classe superior a dele, perdemos para o representante de Santa Catarina, capital considerada a escola do tênis de mesa paralímpico".

"Agradeço a todas as pessoas que ajudaram para que estivessemos presente aqui hoje comemorando mais essa conquista, o prefeito Bi Garcia, Governo do Estado, o professor Joaquim Filho (chefe da delegação amazonense), ao treinador do Kael, o Jorge Andrade e a família desse garoto de ouro, em especial, a sua mãe Ionice que luta junto com ele. E é uma honra e emoção muito grande acompanhar o Kael nessa disputa, onde ele e os demais atletas que aqui competem são guerreiros no esporte e na vida", finalizou a professora.