Gestores das escolas da zona urbana do município fazem adesão ao Programa de Inovação Educação Conectada

Entram nesta fase as escolas Lila Maia, Da Paz de Parintins, Guajarina Prestes, Waldemira Bentes, Presbiteriana Sue Ann Cousar, Charles Garcia, Beatriz Maranhão, além dos Centros de Educação Infantil Aurora, Chapeuzinho Vermelho, Mirinopolis, Novo Israel, Castanheira, Novo Horizonte, Sementinha, Palmares e Pequeninos de Nazaré.

Gestores das escolas da zona urbana do município fazem adesão ao Programa de Inovação Educação Conectada Foto: Sebastião Janderson Notícia do dia 27/11/2019

Gestores das escolas que foram contempladas com internet do Programa de Inovação Educação Conectada fizeram na manha desta terça-feira (26) a adesão do programa na sala da Gerencia de Apoio as unidades escolares (LSE/PAR). Ao todo, são 16 escolas da zona urbana da rede municipal de educação contempladas com internet.

Entram nesta fase as escolas Lila Maia, Da Paz de Parintins, Guajarina Prestes, Waldemira Bentes, Presbiteriana Sue Ann Cousar, Charles Garcia, Beatriz Maranhão, além dos Centros de Educação Infantil Aurora, Chapeuzinho Vermelho, Mirinopolis, Novo Israel, Castanheira, Novo Horizonte, Sementinha, Palmares e Pequeninos de Nazaré.

O Ministério da Educação (MEC) fez a seleção das escolas que receberão financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Os recursos serão depositados diretamente na conta das APMC’s, divididos em custeio e capital para a contratação de serviços de internet com base na pesquisa de preço.

A adesão ao programa foi feita pela prefeitura de Parintins por meio da secretaria municipal de educação no início deste mês, todas as escolas da zona urbana terão internet como parte da terceira fase do programa. Os gestores foram informados que deverão aderir ao programa por meio do PDDE Interativo.

Criado pelo Ministério da Educação (MEC) em parceria com os Estados e municípios o programa tem como meta implementar e inserir novas tecnologias de inovação nas escolas ofertando internet de alta velocidade via satélite e conteúdos educacionais digitais para formação de profissionais da educação em todo país.

As ações do programa seguem as determinações do Plano Nacional de Educação (PNE) para universalizar o acesso à rede mundial de computadores em banda larga de alta velocidade e triplicar a relação computador/aluno nas escolas da rede de Educação Básica.

Para o secretário de educação professor João Costa, o município e principalmente as escolas vão ganhar um instrumento poderoso por meio da internet para ajudar no processo de ensino e aprendizagem dos alunos. Destacou ainda, o empenho do prefeito Bi Garcia que ao aderir os programas de cunho educacional melhora ainda mais a qualidade da educação do município.

“O prefeito Bi Garcia e o vice Tony Medeiros são incansáveis quando se trata da adesão de programas que vem melhorar a qualidade da educação municipal e principalmente a formação profissional dos professores da rede de ensino”, disse o secretário João Costa.