• Acessibilidade
  • A-
  • A
  • A+

Semed atua com apoio logístico na entrega de cestas básicas na área indígena de Parintins

Apoio ocorre em atendimento a pedido feito pela COIAB.

Notícia do dia 01/07/2021
Semed atua com apoio logístico na entrega de cestas básicas na área indígena de Parintins

A Secretaria de Educação de Parintins (Semed), através da Coordenação de Educação Indígena, disponibilizou, entre os dias 23 e 25 de junho, apoio logístico para entrega de 200 cestas básicas aos indígenas residentes em aldeias na região do Rio Uaicurapá. O apoio disponibilizado foi em atenção a uma solicitação da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (COIAB), que adquiriu as cestas básicas e pediu apoio para levar até as aldeias Sateré-Maué.

 

O coordenador da Educação Indígena da Semed e membro da etnia Sateré-Maué, Elias Menezes, destacou o empenho da Prefeitura de Parintins no apoio à ação solidária. "Nós recebemos essas 200 cestas básicas da COIAB e comunicamos ao secretário Azamor que disponibilizasse apoio com transporte para que levássemos até os nossos parentes indígenas", disse.

 

Coordenada por Elias, a equipe da Semed aproveitou para reunir com professores e lideranças comunitárias e tratar sobre o PPI (Projeto Político Pedagógico Indígena Diferenciado), que deverá ser executado nas escolas municipais indígenas já neste segundo semestre de 2021.

 

"Tratamos com os professores sobre o uso do Diário Digital e sobre a coleta de dados para o nosso PPI, haja visto que nossas escolas não têm, mas que a partir de agora o professor Azamor nos pede esse estudo, nos orientando ir a campo com os professores e lideranças, justamente para termos o resultado desse trabalho, como já começamos a ver agora", acrescentou Elias Menezes.

 

No mês de junho, o prefeito Bi Garcia e o secretário de Educação, Azamor Pessoa, em visita as comunidades indígenas do Rio Uaicurapá, anunciaram melhorias nas escolas da região, serviços que já estão em andamento como na escola Heraldo Maia, na comunidade São Francisco e na escola Sateré da Paz. De acordo com a Coordenação de Educação Indígena da Semed, aproximadamente 450 alunos são atendidos nas escolas da Área Indígena do Rio Uaicurapá.