• Acessibilidade
  • A-
  • A
  • A+

Com um dos maiores índices de vacinação do Brasil, Parintins segue em queda de internações por Covid

A comparação que coloca Parintins como destaque nacional de imunização leva em consideração as médias nacional e estaduais.

Notícia do dia 05/01/2022
Com um dos maiores índices de vacinação do Brasil, Parintins segue em queda de internações por Covid Arquivo: Yuri Pinheiro

Parintins inicia 2022 sendo um dos  municípios que mais aplicou vacina contra a Covid-19 em sua população proporcionalmente. O vacinômetro deste dia 05 de Janeiro registra aplicação de 165.633 doses de imunizantes, sendo que 96,2% da população tomou uma dose, 90,2% recebeu duas e a dose de reforço foi aplicada em 31% da população.

 

A comparação que coloca Parintins como destaque nacional de imunização leva em consideração as médias nacional e estaduais. Neste cenário, o município, que já aplicou duas doses em 90,2% na população, está muito a frente da média do Amazonas que é de 53,3% e da média nacional, 67,3%. Os maiores estados em número de vacinação da primeira dose são Piauí com 83%, São Paulo com 82,14% e Santa Catarina com 78,72%. Parintins tem 96,2% com a primeira dose.

 

O prefeito Bi Garcia lembra que os números surpreendentes de Parintins em relação a outros municípios, estados e até com a média Nacional se dá pelo trabalho planejado e estruturado montado pela Prefeitura.

 

"Adotamos desde o primeiro momento prioridade a profissionais da saúde e idosos, realizando chamados incessantes em meios de comunicação e mutirões na cidade e interior. Utilizamos a nossa estrutura para realizar em tempo recorde a imunização na zona rural utilizando as nossas ambulanchas. Neste novo momento estamos intensificando a busca ativa nas residências da cidade e interior, colocando equipes em supermercados e avançado com a exigência de vacinação com apresentação da carteira em eventos e no funcionalismo municipal. Precisamos apertar ainda mais para manter os índices de internações e morte por Covid-19 em queda na nossa cidade", disse o prefeito.

 

QUEDA NAS INTERNAÇÕES

A importância do alto índice de vacinação em Parintins se apresenta pela queda significativa no número de internações no município. Nos últimos meses de 2021, o município registrou apenas quatro internações, sendo que em setembro e outubro houve zero internações. Em novembro foram três internações e uma internação registrada em dezembro. 

 

No ápice da pandemia de Covid-19, em janeiro de 2021, Parintins teve 458 pessoas internadas no Hospital Jofre Cohen. Já este ano, até o dia 05 de janeiro, não há registros de internações pela infeção causada pelo coronavírus.