• Acessibilidade
  • A-
  • A
  • A+

Pastorinhas de Parintins se apresentam no Dia de Santos Reis com transmissão pelas redes sociais

A gravação que ocorreu na noite do dia 04, no Ginásio Poliesportivo e Cultural "Seo Jovem", será transmitida a partir das 19h, no Facebook da Prefeitura de Parintins.

Notícia do dia 05/01/2022
Pastorinhas de Parintins se apresentam no Dia de Santos Reis com transmissão pelas redes sociais Foto: Eder Repolho

O “Auto de Natal: Luz da Esperança 2021” reuniu cerca de  90 brincantes de nove cordões das Pastorinhas de Parintins, para uma apresentação que será transmitida, neste dia 06 de janeiro, data em que se comemora o Dia de Santos Reis. O evento marca o encerramento das comemorações que representam uma tradição secular para celebrar o nascimento de Jesus.  

 

O prefeito Bi Garcia determinou atenção para a gravação do evento com infraestrutura, organização e indumentárias dos brincantes. 

 

A secretária Municipal de Cultura e Turismo, Karla Viana, destacou a importância cultural que as Pastorinhas têm na comunidade parintinense.“Optamos por fazer esta gravação por precaução devido à pandemia e não podíamos deixar de promover esse evento que já estava há dois anos sem a realização. A Pastorinha é um diferencial no nosso município, importante para questão cultural e Parintins é um dos poucos municípios que ainda mantém essa tradição”, ressaltou a secretária.

 

A presidente da Associação Cultural das Pastorinhas de Parintins, Mara Siderval, ressaltou a valorização da Prefeitura, da Secretaria de Cultura e Turismo e das pessoas que lutam e mantêm viva a tradição. “É uma grande alegria para nós, principalmente neste momento que estamos impossibilitadas de fazer um evento grandioso e aberto ao público. Mas temos um prefeito que conhece o nosso trabalho e foi buscar apoio, e a Associação das Pastorinhas conseguiu chegar a esse resultado”, pontuou. 

 

Brenda Beltrão, ex-item do Boi Garantido e Miss Amazonas Latina 2020, participa desde os cinco anos na Pastorinha Filhas de Judá do Parananema. Brenda fala da sensação de poder contribuir com a cultura seguindo uma tradição familiar. “Tenho muito orgulho de participar da Pastorinha da minha tia, que já foi da sogra dela e participo desde os cinco anos de idade. Já fui anjo, já fui galega, fui campina e hoje estou como florista e fico muito feliz de poder contribuir com a cultura parintinense”, disse Brenda.

 

A programação esteve sob a coordenação dos assessores técnicos, o jornalista e folclorista Fred Góes e do músico Alder Oliveira, que ficaram responsáveis pelo roteiro e reprodução musical. Fred enfatizou quanto à preservação desta tradição como Patrimônio Cultural Imaterial no Estado. 

 

“O trabalho com ajuda da Associação vem gradativamente buscando dar personalidade a importância das Pastorinhas com bem imaterial do estado. Fomos para o estúdio, fizemos um bom trabalho e o resultado veio e vamos trabalhar para fazer mais projetos significativos para Parintins”, disse o jornalista. 

 

O evento seguiu todos os protocolos de Saúde com autorização dos órgãos de segurança.