• Acessibilidade
  • A-
  • A
  • A+

Mulheres do Mato Grosso, Flor de Maio e Miriti são atendidas na Fazenda Municipal Luiz Medeiros 

A ação foi coordenada pela Sempa.

Notícia do dia 09/02/2022
Mulheres do Mato Grosso, Flor de Maio e Miriti são atendidas na Fazenda Municipal Luiz Medeiros  Foto: Eder Repolho

Quarenta e seis beneficiárias do Projeto de Assentamento Vila Amazônia receberam atendimento itinerante do Núcleo Municipal de Regularização Fundiária do Programa Titula Brasil e da Sala de Cidadania, nesta quarta-feira, 09 de fevereiro. A ação, organizada pela Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento (Sempa), ocorreu na Fazenda Municipal Luiz Medeiros, das 8h às 16h.

Assentadas das comunidades do Mato Grosso, Flor de Maio e do Miriti foram cadastradas no Sistema Eletrônico de Informações (SEI), com regularização de documentação com antecedência exigida pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma (Incra), para terem acesso ao Crédito Fomento Mulher no valor de R$ 5 mil. A equipe da Sempa também promoveu Cálculo de Título e Carta de Quitação de débito, assim como orientou sobre o processo de regularização fundiária. 

O secretário municipal de produção rural, Tião Teixeira, anunciou a realização de dois atendimentos mensais na Fazenda Municipal Luiz Medeiros. "Tenho certeza que aqui é mais confortável o atendimento. A preocupação do prefeito Bi Garcia é facilitar a vida dos assentados que não precisam ir mais à cidade. Agora, os serviços estão acessíveis aqui com o trabalho da equipe do Núcleo Municipal de Regularização Fundiária e da Sala de Cidadania", ressalta. 

Rosimaria Cursino Martins, da comunidade Nossa Senhora de Aparecida do Miriti, sonha em ser contemplada pelo Crédito Fomento Mulher para investir na criação de aves. "A gente precisa melhorar nossas condições de vida tanto na zona rural quanto na cidade. Nós produzimos para sustentar a cidade. Tenho muita vontade em criar galinhas e eu espero ser atendida por esse crédito. Esse benefício é muito importante para a agricultura familiar que nós temos", declara. 

De acordo com Josiene Marialva, da comunidade Santa Clara do Jauari, esse crédito permite condições financeiras ao trabalho na agricultura familiar. "Tem mulheres que vão para o seu lote com seu próprio esforço, com seus filhos, sem transporte. Vamos poder comprar nossos materiais, utensílios e alimentos, sem tanta dificuldade. Esse atendimento aqui já melhora muito, porque a gente vem lá da estrada. Aqui é mais aconchegante, facilita para todas as mulheres", pondera. 

O Crédito Fomento Mulher de R$ 5 mil é um benefício concedido pelo Incra a quem tem título do lote, com aplicação na agricultura familiar e outras atividades, com pagamento de R$ 1.005 mil em até um ano de carência para a quitação no Banco do Brasil. O boleto pode ser emitido pelo Núcleo Municipal de Regularização Fundiária e Sala de Cidadania que funcionam na Sempa, por meio de Acordo de Cooperação Técnica da Prefeitura de Parintins com o Incra.