• Acessibilidade
  • A-
  • A
  • A+

Parintins será polo de produção de alevinos com inauguração de UPA

O secretário de Produção, Edy Albuquerque, exalta que o setor primário é uma prioridade na administração municipal e que a piscicultura terá investimentos prioritários.

Notícia do dia 13/01/2017
Parintins será polo de produção de alevinos com inauguração de UPA Foto: Daniel Sicsú

Com previsão de inauguração no final de março, a Unidade de Produção de Alevinos de Parintins (UPA), localizada na comunidade Açaí da Gleba de Vila Amazônia, foi vistoriada nesta quinta-feira (12) pelo secretário de Produção e Abastecimento, Edy Albuquerque, sub-secretário Lúcio Kimura, o gerente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (IDAM) em Parintins, Lucivaldo Pereira, e técnicos de pesca, pecuária e agricultura.

 

Durante a visita, verificou-se a estrutura da UPA para planejar as ações a curto, médio e longo prazo a serem realizadas na unidade. Em pleno funcionamento, a unidade produzirá até 600 mil alevinos ao ano em quatro tanques e irá alavancar a produção pesqueira em Parintins.

 

O secretário de Produção, Edy Albuquerque, exalta que o setor primário é uma prioridade na administração municipal e que a piscicultura terá investimentos prioritários. Para Albuquerque, a unidade é primordial para cumprir as metas e ações planejadas pela secretaria.

 

“Ela irá suprir não só a nossa necessidade do município de Parintins, mas também do Baixo Amazonas. O projeto pode se transformar em pólo de produção de alevinos na região. Isso é algo que para nós é fruto de uma articulação muito grande”, enfatiza.

 

Presente na visita, o coordenador de Piscicultura da Secretaria de Produção e Abastecimento, José Cursino, apresentou toda a estrutura para o secretário  e levantou as demandas de manutenção na estrutura física  da UPA.

 

“Nós temos uma estrutura muito boa. É questão de a gente colocá-la em prática e começar a trabalhar para alavancar o desenvolvimento da piscicultura em Parintins”, ressalta.

 

Para que seja inaugurada no final de março e funcione de forma plena, a UPA passará por uma série de ações. A secretaria de Produção realizará a limpeza do terreno e poço artesiano, compactação dos viveiros e aquisição de maquinário. Além disso, o prédio da unidade será reformado e ampliado.