“Trazido pela corrente, negro é gente como a gente” é o enredo do Bloco Rubro Negro

“Trazido pela corrente, negro é gente como a gente” é o enredo do Bloco Rubro Negro Notícia do dia 05/02/2019

A Agremiação Carnavalesca Bloco Rubro Negro irá percorrer o passado de dor e de luta do povo negro e trará para o Carnailha 2019 o enredo “Trazido pela corrente, negro é gente como a gente”. Com esse tema o bloco pretende apresentar a escravidão negra de ontem, a injustiça social de hoje, além da influência e contribuição do negro para a sociedade .


De acordo com o carnavalesco, André Nascimento, o enredo é uma forma de mostrar e sensibilizar o quão forte são os aspectos da questão negra no Brasil. “Escolhemos esse tema devido observarmos nos dias de hoje muita injustiça social e preconceito quanto ao negro. Houve a liberdade com a assinatura da abolição dos escravos, mas de fato essa liberdade não existe e encontramos muito isso no mercado de trabalho e na sociedade em geral com a distinção de raças e, o negro ainda sofre com todas essas questões. Vamos usar o Carnailha para mostrar que “Trazido pela corrente, negro é gente como a gente” e temos que tratá-lo de igual para igual”.


De acordo com André, “o bloco vai contar a história desde o início, como o negro foi trazido nos navios negreiros e a influência que o negro tem sociedade hoje, além das tradições e costumes. O bloco ressaltará algumas figuras importantes como o Zumbi dos Palmares e o rei Pelé que que é tão respeitado por ele ser o cara que contribuiu muito com o futebol”.